Saber esperar a paciência do tempo

          
          Quanto mais a gente quer que o tempo passe logo, mais ele parece uma eternidade. Ao curtirmos um momento bom em nossa vida, sentimo-nos felizes e queremos que o tempo passe bem devagar. Quando menos esperamos, já se foi! É engraçado isso. Precisamos entender que o tempo sempre FOI, É e SERÁ o mesmo. O segredo está em sabermos aproveitar bem o tempo. 
          Se perdermos um segundo sequer do tempo, podemos perder chances muito boas, que jamais poderão ser recuperadas. Muita gente adia a felicidade achando que não é o momento certo para encontrá-la. Não aproveita as boas oportunidades. Hoje não! Amanhã, quem sabe! E aí? Morreu! Nem ontem, nem hoje, nem nunca. No céu? Quem sabe?
Em várias situações de minha vida, que requeriam uma responsabilidade muito grande de minha parte, eu ficava para morrer... tenso, assustado. Era muito tímido e medroso. Deixava tudo para depois. Nunca realizava nada. Sofria antecipadamente. Pensava em problemas que poderiam acontecer quando chegasse o momento de agir e nunca caminhava. 
Quando eu pensava em me aproximar de uma garota para "canta-la", já ouvia em minha mente um NÃO bem grande e desistia. Nem sequer imaginava um sim maravilhoso que poderia receber. E, vivia assim. Reprimido por mim mesmo, por meus medos e inseguranças. Mas isso foi passando com o tempo.
É normal termos medos e inseguranças. Não podemos, porém, deixar que eles sejam maiores que nossa coragem, que nossos sonhos e segurança que é Deus. Quando o tempo passa, lamentamos: “ah se eu tivesse 18 anos”... “como eu queria voltar no tempo”!  “puxa vida, por que eu não fiz isso antes”?

Sobre o tempo que temos

O tempo para nós está tão apertado que não conseguimos dar conta. Temos muitas atividades em pouco espaço de tempo. É tanto que muitos não conseguem levar e trazer seus filhos na escola. Também vemos muitas crianças que passam a maior parte do tempo com a babá do que com os próprios pais, pois os mesmos não tem tempo para estar com eles por conta do trabalho e suas tarefas diárias. Conversando com alguns pais, a justificativa é sempre a mesma: "Não tenho tempo."  Ou "minha esposa também trabalha e não temos como ficar com nosso filho."

  Temos que entender a PACIÊNCIA DE DEUS e a PACIÊNCIA DO TEMPO!

            A borboleta passa um tempo escondida em seu casulo para depois voar. Esse tempo é necessário para sua transformação total. Suas asas precisam nascer e ter força suficiente para suportar o peso do seu corpo e voar plenamente. Se interrompermos esse tempo antecipando o seu rompimento, a linda borboleta não sairá bem formada e acabará morrendo.
            Imitemos, pois, as borboletas. Devemos ter paciência para enfrentar as situações e esperar, com sabedoria, as demoras de Deus. Muitas vezes dói, e pensamos até em desistir. Precisamos, porém, passar por esse “casulo”, com paciência e sabedoria, para alcançarmos forças e caminharmos em direção à vitória, voando no jardim de Deus.
            Assuma sua vitória, mas saiba esperar também, pois Deus nunca desampara aqueles que a Ele recorrem.

Jamais vi o justo abandonado (Sl 36, 25).

            Tenhamos então...PACIÊNCIA