BUSCAR O QUE É MEU!

Eu quero sempre estar caminhando
Em direção ao que é meu.
Mas o que é realmente meu?
Tento preencher os vazios com vazios.
Nunca estou satisfeito com o que conquisto,
Sempre quero mais.
Nem bem tenho uma coisa, já quero outra.
Perder a consciência de que o desejo nunca morre é loucura.
O desejo que há em mim precisa ser redirecionado.
Coisas passam. Só não o meu desejo.
Devo então desejar o que é realmente meu.
Mas o que é meu?
Nessa vida o que realmente é meu,
 É somente o desejo de ser o que sempre desejei.
E assim continuo a BUSCAR O QUE É MEU.