Arrumando a gaveta

Semana passada estava arrumando uma de minhas gavetas. Havia muitas coisinhas que não mais me serviam. Outras que estava procurando há tempos. E aquelas que foram feitas para ficarem engavetadas mesmo, esperando seu momento.

Engraçado que tinha tanta coisa inútil que eu pensei: " Pra quê eu guardo isso?" **** "Meu Deus, como isso é antigo!" **** "O que é isso? Lixo!"

Foi como tirar um peso das costas. Me senti bem melhor, e mais feliz.

Ontem fiz uma experiência semelhante. Pedi a Deus que arrumasse minha "gaveta". Este coração que guarda tantas coisas. Lembranças, sentimentos, pessoas e tantas outras coisas que nem mesmo me recordo conscientemente.

Assim como nossa gaveta de cada dia precisa está organizada, nosso coração precisa estar arrumado. Coisas que acumulamos e nem queremos mais abrir a gaveta, nos impedem de descobrir o que estava guardado e que é tão útil pra nós.